DOCA DO CNS DESASSOREADA

A APSS – Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra, realizou uma intervenção na Doca do Clube Naval Setubalense (CNS), removendo das areias que haviam assoreado aquela infra-estrutura náutica e que limitava fortemente o normal movimento de embarcações de recreio, repondo assim as condições operacionais da rampa e de entrada na doca. Com esta acção, os desportistas náuticos podem desenvolver a sua actividade, com as embarcações do CNS, utilizando a infra-estrutura em condições de segurança e sem limitações de marés.

A limpeza da doca, onde nos últimos anos se verificou um aumento do assoreamento fruto do transporte de areias provenientes da Ribeira do Livramento, foi feita através da aspiração de todos os sedimentos a partir de uma plataforma flutuante munida de bomba mista de injecção e aspiração, com minimização de impactes para a navegação bem como para as actividades lúdicas e cumprindo todos os requisitos de segurança.

Estes trabalhos de limpeza da doca representaram um investimento de cerca de  18 mil €, tendo sido removidos cerca de 1 500 m3 de areia e detritos.

Post a Comment