IX Seminário “Desafios do Mar Português”

Desde 2012, as várias edições do Seminário ‘Desafios do Mar Português’ têm vindo a afirmar-se no panorama da cultura marítima como eventos de referência, trazendo para a esfera pública as problemáticas em torno da relação de Portugal com o Mar. A 9.ª edição terá como tema as “Alterações Climáticas e o Futuro dos Oceanos” e está agendada para o dia 24 de outubro, por ocasião do 19.º Aniversário da Ampliação e Remodelação do Museu Marítimo de Ílhavo. Serão parceiros deste evento o Centro de Estudos do Ambiente e do Mar (CESAM), da Universidade de Aveiro, o Centro de Ciências do Mar e do Ambiente (MARE), o Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental (CIIMAR) e o Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX (CEIS20). Este ano, devido às condicionantes impostas pelas normas de combate à Pandemia Covid-19, o Seminário será dividido em três sessões de forma a salvaguardar o distanciamento social. Deste modo, a inscrição será efetuada por sessões conforme indicado no programa do evento em anexo. INSCRIÇÕES GRATUITAS Envie e-mail para ciemar.mmi@cm-ilhavo.pt com os seguintes dados: Nome, profissão, instituição, contactos e sessões em que pretende participar. Limite de 60 pessoas por sessão Inscrições até 22 de outubro de 2020 Clique aqui para ver Cartaz Programa:

“O Futuro de Portugal está no Mar” – 120 anos da Liga Naval Portuguesa

Na viragem do séc. XIX para o séc. XX viviam-se os anos da “paz armada” que conduziu a uma guerra que transformou a Europa e o mundo num devastador campo de batalha durante cinco anos, num conflito que iria deixar mais de 20 milhões de mortos e fazer desaparecer quatro impérios no Velho Continente.

A Confraria Marítima de Portugal tem nova sede

Na sequência da decisão tomada na última Assembleia Geral, a direção Confraria Marítima de Portugal (CMP) firmou um protocolo de LER ARTIGO

Recordando o passeio no Barco Évora no dia 10 de junho de 2019

Conforme em tempo amplamente divulgado pela Direcção, a Confraria Marítima de Portugal realizou no passado dia 10 de Junho, Dia LER ARTIGO

Lançamento do livro “Do Mar em Exaltação de Portugal” (ADIADO)

  ADIADO = (* Aguarda marcação de nova data de realização.)   —   O livro da autoria de Gonçalo Magalhães Collaço,  será apresentado por Francisco Espergueira Mendes e João Tasso Borges de Sousa, com a intervenção do Autor e Editor. Ver Programa  AQUI Contactos: Tel: 919 964 738 Email: revistademarinha@gmail.com

A Confraria Marítima de Portugal tem nova sede

Na sequência da decisão tomada na última Assembleia Geral, a direção Confraria Marítima de Portugal (CMP) firmou um protocolo de colaboração com a Marinha Portuguesa, para poder utilizar regularmente um espaço na ex-Fábrica Nacional de Cordoaria.

“O Futuro de Portugal está no Mar” – 120 anos da Liga Naval Portuguesa

Na viragem do séc. XIX para o séc. XX viviam-se os anos da “paz armada” que conduziu a uma guerra LER ARTIGO

Recordando o passeio no Barco Évora no dia 10 de junho de 2019

Conforme em tempo amplamente divulgado pela Direcção, a Confraria Marítima de Portugal realizou no passado dia 10 de Junho, Dia LER ARTIGO

Comissão Parlamentar para as Políticas do Mar

A Confraria Marítima junta-se à Petição Pública pela Constituição da COMISSÃO PARLAMENTAR PARA AS POLÍTICAS DO MAR O mar é um dos principais recursos naturais de Portugal, no entanto, nas últimas décadas do século XX, o país deixou o mar fora da agenda política e económica. Felizmente, nos últimos anos, surgiu uma nova consciência nacional sobre a importância da geografia e do mar em Portugal. Compreendemos a urgência de preservar e proteger o oceano, mas ainda nos falta adotar as medidas corajosas para assegurar a sua sustentabilidade ambiental. O mar não é apenas uma questão de tradição, é um imperativo de modernidade. Não é apenas um traço essencial da nossa identidade, é uma nova e vasta oportunidade para o nosso futuro colectivo. Portugal dispõe de um vasto recurso natural, tem a matéria-prima, mas falta-lhe capital, políticas adequadas e know-how orientados a explorar e aproveitar sustentadamente toda essa matéria-prima. A discussão, deliberação e fiscalização de novas políticas de fomento da economia do mar pela Assembleia da República será certamente um fortíssimo contributo para desatar o nó que tem fechado a tampa do vasto potencial que o mar representa para Portugal. A Assembleia da República pode dar um contributo decisivo à resolução de um velho problema quanto às políticas públicas do mar. Uma Comissão Parlamentar para as Políticas do Mar permitirá uma contínua reflexão abrangente sobre o mar português, com grande visibilidade para a opinião pública; envolvendo todos os partidos na afinação das política do mar, assim tornadas verdadeiramente em política nacional; permitindo assegurar uma contínua  estratégia nacional para o mar. A Confraria Marítima, consciente da importância e necessidade de criar a COMISSÃO PARLAMENTAR PARA AS POLÍTICAS DO MAR, vem solidarizar-se com os subscritores da Petição Pública e apelar aos seus associados para que a assinem. Assinar a Petição https://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=PT93868

“Encontros do Mar” no Alandroal – 12 Março

Com o patrocínio da Câmara Municipal do Alandroal, a Associação Economia Azul - Unidos pelo Mar realizou um “Encontro do Mar” no dia 12 de março, pelas 14:00 horas, no auditório do Fórum Cultural. Os “Encontros do Mar” têm como objetivo formar e informar as empresas e as forças vivas do Município para as oportunidades que o Mar pode criar e os cuidados a ter. Só assim se constrói a “vaga de fundo” capaz de tornar o Mar no desígnio nacional de que tanto se fala e os objetivos da economia do Mar numa realidade concreta. Este evento foi organizado em duas mesas redondas, contemplando ainda a apresentação de um Flash de Empresas de sucesso. O debate foi dinamizado por oradores qualificados cujas intervenções nas mesas foram dedicadas aos temas constantes do programa infra. Programa: “Turismo sustentável”, incluindo o Património cultural, as Atividades marítimo turísticas, a segurança náutica, os desporto de ar livre, o papel dos Clubes Náuticos “Economia”, incluindo as Associações de desenvolvimento local, a poluição, o financiamento das atividades, as oportunidades de negócio   Nos espaços contíguos ao auditório, as empresas apresentaram os seus produtos e serviços e colocaram roll-ups, bancadas, folhetos, amostras, etc..  

55º encontro da Confraria Marítima de Portugal

A 8 de fevereiro de 1519, há 500 anos, Fernão de Magalhães já se encontrava em Sevilha. Para trás ficavam 40 anos duma vida muito agitada de marinheiro e soldado português. Agora, Fernão concentrava-se na preparação da sua expedição. Haveria de partir quase 8 meses depois, de Sanlúcar de Barrameda, na foz do rio Guadalquivir, a leste Huelva, no dia 20 de setembro.   Jantar debate "Fernão de Magalhães - V centenário da viagem de circum-navegação" Connosco tivemos o Dr. Manuel Villas Boas, familiar de Fernão de Magalhães e autor da obra «Os Magalhães - cinco séculos de aventuras, Editorial Estampa, 1998» Gastronomicamente fomos brindados com a excelente refeição confeccionada por cozinheiros da famosa escola da Marinha de Guerra Portuguesa. Um fabuloso jantar-debate que ninguém deveria perder. No centenário de Magalhães jantámos com um Magalhães!

IV Grande Conferência do Jornal da Economia do Mar

  Às Nossas Sempre Superiores Confreiras e aos Nossos Sempre Muito Ilustres Confrades, Os modernos entendem que o mundo aí está dado e é, independentemente de ser pensado ou não. Não os antigos, como nós. Os modernos entendem que o mundo tem de transformado. Não os antigos, que sabem ter de ser transfigurado. Como diria o nosso velho Sampaio Bruno, seguindo Novalis, «é nossa missão ajudar a natureza a ser». Portugal não é independentemente de o pensarmos ou não. Essa a nossa grande responsabilidade. Somos adultos e assumimos quanto nos cumpre ou procedemos como crianças, assobiando ao vento, ficando simplesmente a ver os navios passar? Queremos realmente Transformar Portugal num Centro Marítimo Internacional? Gonçalo Magalhães Colaço   Uma conferência de enorme abrangência sobre o papel de Portugal no Mar. Veja aqui a lista exaustiva de distintíssimos oradores e participantes: Carlos Carreiras – Presidente da Câmara Municipal de Cascais António Saraiva – Presidente da CIP Armando Marques Guedes – Universidade NOVA de Lisboa Erik Jakobsen – Menon Economics Albrecht Gundermann - EISAP Alexander Panagopulos* – Arista Shipping (*a confirmar) Gonçalo Delgado - Grupo ETE Nuno Teixeira - SDM René Menzell – Hammonia Reenderei Sven-Erik Braun - Döhle Assekuranz Pedro Rebelo de Sousa – SRS Cátia Henriques Fernandes – Morais Leitão Francisco Espregueira Mendes – Telles de Abreu Francisco Mendes Palma – Consultor e Professor Convidado Masters Programs - NOVASBE João Folque Patrício – BPI António Silva - AICEP António Belmar da Costa - AGEPOR Carlos Vasconcelos – MSC Eduardo Bandeira – Shortsea Shipping Portugal João Vargas – Portos dos Açores Luís Cacho – Administração do Porto de Sines Pedro Pinto Ferreira – Domínio Capital José Ferreira Machado – NOVA Business School Álvaro Sardinha - APORMAR Fernando da Cruz Gonçalves – ENIDH Pedro Velez – Universidade Europeia – Universidade NOVA Regina Salvador … Continue reading "IV Grande Conferência do Jornal da Economia do Mar"